​Eles promovem o terror

A Lei Antiterrorismo, aprovada em fevereiro deste ano na Câmara, trazia na definição de terrorismo o seguinte:

“Incendiar, depredar, saquear, destruir ou explodir meios de transporte ou qualquer bem público ou privado.”

O MST chiou e Dilma vetou esse inciso.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 11 comentários
  1. Moro já disse q a tendência seria, tão logo se encerre a Lava Jato, a adoção desse força tarefa de forma fixa combatendo a corrupção. Se Temer estivesse verdadeiramente preocupado c/isso e ouvindo corretamente as ruas, já teria chamado Moro, Deltan e outros p/uma conversa e anunciado esse arranjo, garantindo uma melhor estrutura p/os trabalhos inclusive.

  2. Ô, sério: com HENRIQUE MEIRELLES, aquela do J&F, no comando da Fazenda, alguém acredita que isso vá acontecer? Henrique, o favorito de Lula. Henrique, da JBS, maior doadora de campanha, que pagou contas da Dilma no caixa 2, outro dia, em 2014? hohohohohohohohoh, mánunca.

  3. PEPPER = PIMENTA = PIMRNTEL… OU ELES NÃO TÊM NENHUMA CRIATIVIDADE OU ESTAVAM CERTOS DA IMPUNIDADE. PELA SEGURANÇA E ARROGÂNCIA DOS P.E.T.R.A.L.H.A.S. EU CREIO QUE ELES SEMPRE ESTIVERAM CERTOS DE SUA PERPETUAÇÃO NO PODER…

  4. Roberto,deram “mais liberdade a polícia federal” com o intuito de investigarem seus adversários e os governos Sarney e FHC.Contavam com o aparelhamento do STF,de maioria indicados por eles.Não contavam com algumas pedras no caminho como Roberto Jefferson,Joaquim Barbosa,Sérgio Moro e por aí vai…

  5. Como se em 13 anos de PT falam que “deram liberdade” para a PF, que nada, dão recursos baixos, e mandam a PF para combater tráfico. A Lava-Jato está tomando muitos recursos. Nem precisava de autonomia total, mas deveriam dar mais autonomia no que investigar e pelo menos triplicar o investimento na PF, ora, só com a Lava-Jato já recuperaram junto, claro, com MPF e Judiciário, mais de 11 bilhões de reais de corrupção.