ACESSE

Eliana Calmon: "Não contamos mais com o auxílio de alguém que é o símbolo do combate à corrupção"

Telegram

A ex-ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Eliana Calmon disse ao site Bnews, da Bahia, ter ficado “muito impactada” com a saída de Sergio Moro do governo de Jair Bolsonaro, apoiado por ela.

“Fiquei muito impactada, porque eu era apoiadora do governo e tenho uma certa aproximação com Moro. Vejo com muita preocupação. Eu conheço bem Moro. Acho que ele é um homem sério e muito correto. Ele não faria absolutamente aquelas declarações sem ter uma base para fazê-la. Acredito que ele, como jurista que é, responsável que é, tenha condições de comprovar tudo o que ele disse. Isso me deixa impactada na medida em que as declarações foram muito fortes contra o presidente. Estou ainda aguardando o desenrolar dos acontecimentos. O inquérito foi imediatamente aberto e acredito tudo será bastante esclarecido.”

Para Eliana, se comprovados os fatos revelados por Moro, “há um indício muito forte para dar início a um processo” de impeachment de Bolsonaro.

“Agora, não contamos mais com o auxílio de alguém que é o símbolo do combate à corrupção no Brasil.”

Leia também: MORO FORA DO GOVERNO: NÃO ERA FAKE NEWS; É JORNALISMO

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 64 comentários