Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Em 2018, Francischini disse que, se fosse cassado, a democracia 'viraria pó'

Nesta quinta-feira, o TSE decretou, por maioria, a perda do mandato do deputado estadual que espalhou fake news sobre as urnas eletrônicas
Em 2018, Francischini disse que, se fosse cassado, a democracia viraria pó
Foto: Reprodução/Facebook/Fernando Francischini

Quando deputado federal, em 2018, Fernando Francischini (foto) já levantava suspeitas sobre a segurança das urnas eletrônicas.

Em 30 de novembro daquele ano, ele escreveu no Twitter:

“O dia em que eu, deputado federal, for cassado por cumprir meu dever de fiscalizar as urnas eletrônicas e os políticos bandidos continuarem impunes, a democracia virará pó. A imunidade parlamentar serve para isso.”

Há pouco, como noticiamos, Fernando Francischini, hoje deputado estadual no Paraná, teve seu mandato cassado pelo TSE por espalhar fake news sobre as urnas eletrônicas.

Francischini sempre foi eleito por meio do sistema eletrônico do qual desconfia.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....