Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Em 2022, mesmo que Bolsonaro fracasse no golpe, o Brasil já estará em frangalhos"

“Em 2022, mesmo que Bolsonaro fracasse no golpe, o Brasil já estará em frangalhos”
Foto: Alan Santos/PR

Jair Bolsonaro “segue uma linha de atuação, adotada desde a eleição de 2018, de solapar continuamente as instituições democráticas, em nome de um populismo autoritário cujo objetivo é destruir a democracia e concentrar o poder em suas mãos”, diz Fernando Abrúcio.

“Muitos apontam agora o risco que corremos em 2022. É preciso corrigir essa impressão: a ameaça antidemocrática tem sido cotidiana e será contínua nos próximos dois anos. O sistema político não tem respondido à altura porque as consequências já se fazem presentes num país à deriva, com desesperança na saúde, na economia, na educação e em termos de desigualdade social. Ou os democratas brasileiros reagem logo, ou em 2022, mesmo que Bolsonaro fracasse no golpe, o Brasil já estará em frangalhos.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO