Em abril, presidente do Banco do Brasil afirmou que pandemia tinha chegado ao pico

Telegram

O presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, afirmou na reunião de 22 de abril que a pandemia já parecia ter chegado ao seu pico no Brasil.

“Eu, eu acompanho os números diariamente. Eu vejo que a … os óbitos, eles chegaram a … a diários, passaram de duzentos durante alguns dias. Quatro, cinco dias. Mais .. . mais de … de duzentas pessoas sendo mortas. De uns quatro, cinco dias pra cá, esses óbitos caíram bastante. Já não chegam mais na casa de duzentos.”

E concluiu:

“A minha sensação, de quem não é especialista no negócio, mas que observa os números, é que o tal do pico, o tal do famoso pico, que gerava tantas preocupações, a minha sensação é que esse pico já passou, né?”

O pico não passou, Rubem. O Brasil registrou hoje 1.001 mortes por Covid-19, subindo para 21.048 as vítimas fatais da doença.

Comentários

  • João -

    Pra trabalhar nesses desgoverno, é obrigado ser cretino?

  • Pedro -

    Bom mesmo seria ser igual a Coréia do Norte, não se tem notícia de nenhuma morte por corona, certamente de fome, inúmeras.

  • Pedro -

    Os "especialistas da covid" entrevistados pela globo alardeiam catástrofe todo o dia, e hoje com mais mortes que o Brasil são 22 países, estamos na posição 23, incômoda sim, mas muito melhor p

Ler 35 comentários