Em busca da senha ‘perdida’

Os peritos criminais da PF estão desenvolvendo uma interface paralela para ter acesso integral ao My Web Day, o sistema de registro da propina da Odebrecht, informa Juliana Braga no Globo.

“Com o auxílio de técnicos da empreiteira, os peritos conseguiram achar um meio para retirar alguns dados, mas os acessos e as funcionalidades são restritas.

Isso tudo porque nem Marcelo Odebrecht, nem nenhum dos outros 76 delatores da empresa informaram a senha do sistema, sob a alegação de não tê-la encontrado.

A PF segue tentado descobri-la, por meio de análise combinatória. Mas não apostam todas suas fichas nisso. A senha é composta por mais de 20 caracteres, que podem ser maiúsculos, minúsculos, números, ou especiais, como uma interrogação.”

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 44 comentários
  1. Per ora todo mundo de novo atraz das grades sem as mordomias da tornozeleira e a vida boa no palácio da casa deles. Poe eles a pao e água. Logo alguém vai lembrar a porcaria da senha. Vergogna.

  2. Na verdade isso é uma palhaçada.
    Essa delação não foi bem conduzida.
    Ninguém se lembra da senha….mais de setenta delatores…
    A delação ridícula do Emílio Odebrecht…
    Lamentável.

  3. Quem sabe um’Tour” por algumas penitenciárias de segurança máxima e Emilinho, Marcelinho e seus subordinados acompanhados por alguma brisa vinda do mar, terra e ar, não ajudaria a refrescar a memória dessa gangue.

  4. Como a lava.jato aceita uma mentira dessa? Ninguém sabe a senha? Como iriam ter acesso, quando precisassem? Prende todos os 77 mais Marcelo Odebrecht, o pai, que a senha aparece rapidinho.

  5. Se não estão conseguindo saber a senha é porque o segredo ali deve ser uma bomba atômica para por a casa de vez abaixo. E como disseram manda o Marcelo e os delatores de volta para cadeia pra vê se refresca a memória. Nada como esquecer de algo volta para o lugar(prisão de novo) aí quem sabe se recorda não é?!

  6. A PF vai conseguir. Se todos estão dizendo que não a encontraram é pq tem muita coisa, mas muita coisa que ele não entregaram, talvez seja o caminho para os membros dos tribunais superiores…

  7. Dois analistas de segurança da empreiteira trocavam figurinhas:
    — O Dr. Emílio esqueceu a senha.
    — De novo? Vou ter que reiniciar o servidor na Suíça!
    — Ele mandou você criar um novo código criptografado. Um mais fácil de lembrar.
    — Que tal ele mesmo elaborar as próprias senhas? Assim, ele larga do meu pé.
    — Como?
    — O básico: texto cifrado, alterando a ordem das letras.
    — Tipo?
    — Tipo: o ‘A’ vira ‘D’, o ‘B’ se torna ‘E’… e assim por diante, desviando em 3 posições.
    — Parece complicado.
    — Coisa de colegial! Só usar uma régua deslizante.

  8. Olhou, desconfiado, para régua de papelão cheia de letrinhas, sobre a mesa:
    — Antes, crie uma senha provisória. O doutor tá esperando…
    — Tô na minha hora do almoço.
    — Azar seu.
    — Sabotagem, hein? Tá bom! Leva essa chave aqui.
    Ele anotou a senha no papelzinho: HQILD-R-DFDUDMH-QR-FX! Quando voltou do almoço, foi chamado na sala do diretor:
    — O doutor mandou esse acarajé cheiroso aqui pra você. Prove um pedaço!
    — Argh! Como ele decifrou a chave?
    — Usou sua régua. Bastou um pequeno deslize…
    ————————————————————————-
    A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
    D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z A B C

  9. A PF deveria dar um ultimato e voltar a colocar na cadeia todos os beneficiados por “colaborarem” com a justiça. Enquanto não aparecesse a dita cuja, permaneceriam presos. Algo me diz que alguém, milagrosamente, receberia a visita de um anjo que os ajudaria a lembrar-se do local onde a guardaram. Alguns até, milagrosamente também, recordariam “de cabeça” todos os caracteres.

  10. Podem procurar a senha com a Dilma . Ela passou os 5 anos de governo decorando os mais de 20 caracteres . Ao final , descendo a rampa do Planalto , falou para o confidente Giles Azevedo : “Não te falei que eu ia decorar ? Vitória na Guerra ! Vencemos ! “

  11. Marcelo Odebrecht, como todo grande bandido, recusa-se a destruir o mecanismo, que em outro momento, ser-lhe-á ( gostou, Temer?) útil para cometer outros crimes. Ele não vai entregar a cereja do bolo de seus crimes. Psicopata não pára de cometer crimes, pois, sua doença não tem cura.

  12. .
    É só colocarem o Marcelinho Pão e Vinho de novo no xilindró,
    acompanhado dos principais diretores da ilibada Odebrecht,
    que essa MER DA de senha vai aparecer.
    A cana faz milagres.
    .

  13. Numa hora dessas a dona ONU devia ter um setor avançado pra colaborar tecnicamente em investigações democráticas de corrupção, tráfico de drogas, armas e pessoas já que se interligam e se alimentam.

  14. É nessa hora que a dona ONU devia ter um setor avançado pra colaborar com investigações democráticas e que envolvem corrupção, tráfico de drogas, armas e pessoas, já que é óbvio que todos esses crimes se interligam e se alimentam. Ingenuidade, hein? Picaretagem.