Em consulta da AMB, maioria dos magistrados é contra juiz de garantias

Consulta realizada pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) apontou que a maioria dos juízes associados é contra a figura do juiz de garantias. O levantamento teve a participação de 355 magistrandos, sendo que 79,1% se manifestou contra o instituto.

Além disso, quase 80% defendeu mais tempo para implementação, prazo de no mínimo um ano.

Em manifestação enviada ao CNJ, a entidade reforçou que considera a lei que instituiu o juiz de garantias inconstitucional, sendo que a norma apresenta inconsistências intransponíveis, traz flagrantes inconstitucionalidades formais e materiais — o que demonstra a inviabilidade de sua implementação imediata no ordenamento jurídico brasileiro.

Comentários

  • Sonia -

    Mas o amigodoamigodomeupai e Bolso são a favor

  • Eduardo -

    A premissa do juiz de garantias é falsa. Juiz não perde a isenção por atuar na fase pré-processual. A imparcialidade é dever do juiz sempre. Entrando ele em qualquer hora do processo.

  • O -

    O BRASIL TODO É CONTRA...Só Bandidos e seus tradicionais protetores, são a favor... Tá ficando muito claro como funciona a Justiça pró elite politica, econômica e bandida nessa nossa "PÁTRIA

Ler 41 comentários