Em conversa com autor do pedido, Alcolumbre diz que não vai se opor à CPI da Lava Toga

O Antagonista apurou que Davi Alcolumbre e Alessandro Vieira, autor do pedido de criação da CPI da Lava Toga, chegaram a um entendimento para instalar a comissão.

O presidente do Senado disse que não concorda com a CPI e não acha que seja o momento adequado para apurar fatos relacionados ao Judiciário, mas se comprometeu com o colega senador a não se opor ao pedido, caso o regimento seja respeitado.

Como informamos há pouco, em primeira mão, o novo requerimento alcançou as 27 assinaturas necessárias para ser apresentado à Secretaria-Geral da Mesa Diretora do Senado, o que não deve ocorrer hoje.

Na primeira tentativa de emplacar a CPI, Alcolumbre arquivo o requerimento após três senadores — Kátia Abreu, Tasso Jereissati e Eduardo Gomes — voltarem atrás no apoio e retirarem suas assinaturas.

Você já descobriu em quem não votar? Veja aqui!

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 61 comentários
  1. Ele não disse qual o momento oportuno?É o mais rápido possível!Daqui a pouco ganha o titulo de engavetador!Quem são os que assinaram,publica a lista!Estou atrás do Pacheco e do Anastasia(PSDB_MG

  2. Nunca houve momento para propício pra isso mas ainda falta acolher o pedido de impeachment protocolado hj. Alcolumbre precisa se dar conta de que foi eleito para fazer diferente do que fazia Renan.

  3. Os congressistas precisam ler melhor a Constituição senão os togados vão dizer que não pode e todo mundo fica, ah é,é… ah é, é… Ah é, é… parecendo aquele burrinho.

    1. Dá sim, não dá quando não querem, a primeira fase é a CPI, está na Constituição, se não fizer CPI não pode investigar ninguém, portanto é questão de pressionar.

  4. O STF tem de ser extinto e substituído por uma corte temporária eleita qdo preciso por sorteio de 11 membros em qquer local do brasil onde fosse necessária. Decidido o fato, a corte seria dissolvid

    1. Tem de ver na Constituição o que pode ser feito, tem a CPI, tem os pedidos de impedimento do Carvalhosa, temos urgência, o Dr. Carvalhosa poderia nos orientar melhor.

  5. Davi arquivou depois de trabalhar junto aos três senadores para retirarem suas assinaturas. Isso é claro. O problema é se este tipo de atitude é uma marca não só de Renan mas dele também.

  6. CPI não dá em nada no Brasil, enquanto isso o STF acaba de atribuir competência de julgar crimes de caixa 2 a Justiça eleitoral! Vale a pena ver as explanações de Barroso e Fux!