Em depoimento, ex-secretário de Anastasia relata pressão para favorecer JBS

Telegram

Pedro Meneguetti, ex-secretário da Receita do governo Antonio Anastasia, disse à Polícia Federal que foi pressionado para resolver demandas da JBS na gestão estadual de 2014, publica O Globo.

O relato foi feito no último dia 30 de janeiro e, segundo a PF, corrobora a delação de executivos do grupo — eles afirmam que Aécio Neves prometeu interferir junto ao governo estadual em troca do repasse de R$ 110 milhões para sua campanha presidencial.

Em seu depoimento, o ex-secretário adjunto diz que em 2014 participou de uma reunião do então secretário da Casa Civil, Danilo de Castro, com Ricardo Saud e outros representantes da JBS, na sede do governo mineiro.

A festa na piscina de Joesley Batista com os poderosos. SAIBA TUDO

“Durante a conversa com Ricardo Saud, este se identificou como executivo da JBS e disse que tinha algumas pendências da empresa a serem resolvidas e que ele já havia conversado com Danilo de Castro sobre elas”, afirmou Meneguetti.

Segundo o depoimento do ex-secretário, Danilo de Castro levou o pedido da JBS ao governo de Minas.

Comentários

  • John -

    O PSOL só se preocupa com bandidos, drogados e gays. Parece até uma subsidiária da Globo. Aliás é na Globo que os psolistas mais aparecem, e sempre como heróis.

  • Brasil -

    PSDB é o PT azul. PT é o PSDB vermelho. PSL é o PSDB laranja. NOVO é o PT capitalista. PT é o PSL anencéfalo. PSL é o PT alienado. Equação: PSDB+PT+PSL+NOVO= Brasil FO-DI-DO!

  • Rose -

    Pilantrao, hein? Não é mesmo a tia que os v@gabundos querem o COAF longe de Moro. Canalhas!

Ler 26 comentários