Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Em documento, profissionais de saúde eximem de culpa governo de Roraima por eventual contágio por coronavírus

Em Roraima, vazou um documento em que profissionais de saúde do estado teriam de assinar declarando que estão ciente da pandemia do novo coronavírus e assumindo inteira responsabilidade caso contraíssem a doença.

“Isento, assim, o Governo do Estado de Roraima e a Coopebras (Cooperativa Brasileira de Serviços Múltiplos de Saúde) de toda e qualquer intercorrência que possa vir a ocorrer com minha pessoa”, diz o documento.

Após a repercussão, a Coopebras — que atende o estado de Roraima — divulgou nota se desculpando.

Segundo a diretoria da cooperativa, o documento era uma “minuta”, que não teria sido aprovada, e se referia apenas a profissionais de saúde acima de 60 anos.

“Não obstante, para sua reprodução e disponibilização, deveria ainda passar pela análise e avaliação dos membros diretores desta Coopebras, o que não ocorreu. Por essa razão, vem perante seus cooperados pedir as mais sinceras desculpas e solicitar que tais termos sejam desconsiderados”, diz trecho da nota.

A tal “minuta” chegou a ser distribuída entre os profissionais de saúde do estado.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO