Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Em evento com 'Capitã Cloroquina', Queiroga volta a defender autonomia médica

A declaração do ministro da Saúde foi dada durante evento no Dia do Médico; Mayra Pinheiro afirmou que profissionais estão sendo perseguidos
Em evento com Capitã Cloroquina, Queiroga volta a defender autonomia médica
Foto: Myke Sena/MS

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga (foto), voltou a defender a autonomia médica na relação com pacientes. A declaração foi dada nesta segunda (18), Dia do Médico, durante o evento de lançamento do programa ‘SOS de Ponta’, que contou com a presença da secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Mayra Pinheiro, conhecida como ‘Capitã Cloroquina’.

“A relação médico paciente tem que ser baseada pela autonomia, autonomia do médico e autonomia do paciente. O vínculo médico paciente é um vínculo inquebrantável. Ele não pode ser quebrado porque quem quer que seja, nem pelo estado. É uma relação entre a consciência e a confiança. A consciência do médico e a confiança do paciente.”

Mayra Pinheiro também saiu em defesa da autonomia médica e afirmou que profissionais estão sendo perseguidos. 

“Não sabíamos que teríamos ao longo de uma pandemia o desafio de enfrentar pessoas que não entendem da arte médica, que nada entendem de medicina e passaram a questionar a nossa autonomia, o direito da relação médico paciente, o direito das nossas escolhas, o direito de salvar vidas. Fomos questionados, estamos sendo perseguidos, desafiados a não exercer essa autonomia para qual nós fomos formados.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO