Em grupo com secretário de Guedes, empresário promete financiar ato contra o Congresso

Telegram

Num grupo de WhatsApp chamado “Mkt Bolsonaro”, o investidor Otavio Fakhoury prometeu financiar os atos convocados para 15 de março a favor de Jair Bolsonaro e contra o Congresso, relata o Estadão.

Fazem parte do grupo, segundo a repórter Vera Magalhães, empresários, investidores, blogueiros bolsonaristas e um integrante do governo –Carlos da Costa, o secretário especial de Produtividade do Ministério da Economia.

Em uma das conversas no “Mkt Bolsonaro”, Fakhoury bateu boca com uma representante do movimento Vem pra Rua, que não declarou apoio aos protestos. O investidor disse que pretende “ajudar a pagar o máximo de caminhões que puder”. E acrescentou: “Não vou deixar esses canalhas derrubarem esse governo”.

Fakhoury, como lembra o Estadão, é um dos personagens da reportagem “Os blogueiros de crachá”, publicada por Felipe Moura Brasil na Crusoé.

O texto de Moura Brasil revelou como atua a militância virtual bolsonarista e mostrou que o investidor atuou junto com o assessor palaciano Filipe Martins pela derrubada do general Santos Cruz da Secretaria de Governo.

COMO ELE VIROU O VICE QUE BOLSONARO QUER. Saiba mais
if (viewPortW < 990){ googletag.cmd.push(function () { googletag.display("div-gpt-box2"); }); }

Comentários

  1. JJose disse:

    TWFpcyB1bSBtb3Rpdm8gcGFyYSBhcHJvdmHn428gZGUgY3BpIGRlIGZha2UgbmV3cy4=

  2. MMargarida disse:

    TyBxdWUgZWxlIHZhaSBxdWVyZXIgZW0gdHJvY2EgPyBMaWNlbudhIGRlIGNhc3Npbm9zID8gTuNvIHNlaSBxdWFsIGEg4XJlYSBkZWxlLg==

  3. EEdelson disse:

    UE9ERSBBTk9UQVI6IEVTU0UgTUFNQSBOQVMgVEVUQVMgREEgVknaVkEuICA=

Leia mais comentários e dê a sua opinião

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.
Tempo de publicação: 4 minutos

AJUDA