Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Em mensagens, irmão de Miranda descreve "pressão louca" sobre Covaxin

Diálogos do deputado Luis Miranda foram entregues à Polícia Federal no âmbito das investigações sobre uma possível prevaricação de Jair Bolsonaro
Em mensagens, irmão de Miranda descreve “pressão louca” sobre Covaxin
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Conversas entregues à Polícia Federal pelo deputado Luis Miranda (DEM-DF) mostram relatos da pressão sofrida por seu irmão, Luis Ricardo, servidor do Ministério da Saúde, para liberar a importação da Covaxin. Os diálogos foram obtidos por O Globo.

Em 31 de março, Luis Ricardo comentou: Segurando o máximo aqui. Pressão louca”.

Os irmãos denunciaram a Jair Bolsonaro as irregularidades no contrato entre a Precisa e o Ministério da Saúde em 20 de março. O presidente está sendo investigado por possível prevaricação.

O deputado entregou à PF reproduções de conversas com o seu irmão, com o então ministro Eduardo Pazuello e um ajudante de ordens do presidente da República, Jonathas Diniz Vieira Coelho.

A Diniz Coelho, o deputado disse que estava “rolando um esquema de corrupção pesado” no ministério.

Depois do encontro com Jair Bolsonaro, em 20 de março, Miranda enviou uma foto ao lado do presidente a Pazuello e escreveu: “Cuida de mim ministro”. O general deixou o governo no dia seguinte.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO