Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Em outubro de 2020, Ministério da Saúde reduziu pela metade número de leitos de UTI para Covid

Segundo o Conass, de 15,3 mil leitos habilitados para o tratamento de Covid na época, 7,5 mil foram desativados pela pasta
Em outubro de 2020, Ministério da Saúde reduziu pela metade número de leitos de UTI para Covid
Foto: Tony Winston/MS

Ofício encaminhado pelo Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) ao Ministério da Saúde revelam que a pasta, em outubro do ano passado, reduziu em aproximadamente 50% o número de leitos de UTI destinados a pacientes de Covid.

O alerta do Conass em relação à redução de leitos foi feito em 28 de outubro, no final da primeira onda do novo coronavírus no Brasil. Segundo o Conass, dos 15,3 mil leitos habilitados para o tratamento de Covid na época, 7,5 mil foram desativados pela pasta.

“Assim, vimos solicitar o agendamento de reunião da Diretoria do Conass com Vossa Excelência para deliberar sobre a permanência de leitos de UTI COVID-19 disponíveis no SUS para o enfrentamento de um possível recrudescimento dos casos”, cobrou na época o presidente do Conass, Carlos Lula, em ofício enviado ao ex-ministro Eduardo Pazuello.

Leia a manifestação do Conass sobre os leitos de UTI

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO