Em plena pandemia, Saúde perde R$ 2,2 bilhões no Orçamento de 2021

Em plena pandemia, Saúde perde R$ 2,2 bilhões no Orçamento de 2021
Foto: Tony Winston/MS

Mesmo em plena pandemia do novo coronavírus, Jair Bolsonaro vetou o repasse de R$ 2,2 bilhões destinados inicialmente no Orçamento de 2021 para o Ministério da Saúde.

Apesar disso, a pasta foi uma das poucas que não sofreu com bloqueio de pagamentos de despesas não obrigatórias.

Mais cedo, mostramos que o ministério que foi mais afetado pelos cortes no Orçamento foi o do Desenvolvimento Regional. Bolsonaro resolveu vetar R$ 8,6 bilhões que estavam inicialmente destinados para a pasta de Rogério Marinho.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO