Em posse, sucessor de Ernesto Araújo fala em "diplomacia da vacina"

Em posse, sucessor de Ernesto Araújo fala em “diplomacia da vacina”
Carlos Alberto França (reprodução)

Ao tomar posse como chanceler, o embaixador Carlos França disse há pouco que as missões diplomáticas e consulados do Brasil no exterior “estarão cada vez mais engajados numa verdadeira diplomacia da saúde”.

“Em diferentes partes do mundo, serão crescentes os contatos com governos e laboratórios, para mapear as vacinas disponíveis. Serão crescentes as consultas a governos e farmacêuticas, na busca de remédios necessários ao tratamento dos pacientes em estado mais grave. São aportes da frente externa que podemos e devemos trazer para o esforço interno de combate à pandemia. Aportes que não bastam em si, mas que podem ser decisivos.”

O Brasil já tem mais de 330 mil mortos de Covid.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO