Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Email mostra que Pfizer alertou Bolsonaro em março do ano passado

Email mostra que Pfizer alertou Bolsonaro em março do ano passado
Foto: Reprodução/redes sociais

Um email do presidente da Pfizer, Albert Bourla, foi enviado ao gabinete de Jair Bolsonaro no dia 17 de março do ano passado, diz a Folha.

Na ocasião, a empresa informou o presidente sobre as medidas em andamento para o desenvolvimento de medicamentos.

A comunicação ocorreu seis dias depois de a OMS declarar o estado de pandemia de Covid no mundo.

A Pfizer continua a manter suprimentos de medicamentos críticos hospitalares e está em busca de soluções médicas contra a Covid-19. Ela também anunciou um plano de cinco compromissos para avançar nesse processo.”

Mais cedo, o jornal mostrou que, entre 14 de agosto e 12 de setembro, a Pfizer enviou pelo menos 10 emails ao governo brasileiro com ofertas de vacinas.

Os envios provam o crime reiterado dos bolsonaristas, que recusaram a oferta de vacinas apesar dos apelos insistentes do laboratório.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO