EMAILS MOSTRAM SENEGALÊS COBRANDO PROPINA DE NUZMAN

A apreensão de emails do COB revelou os pedidos de propina do dirigente senegalês Papa Massata Diack a Carlos Arthur Nuzman.

Numa mensagem de 1º de fevereiro de 2010, Diack pede a Nuzman ajuda para o “processo final”. Poucos dias antes, em outra mensagem, ele cobra depósitos em contas bancárias no Societé Generale em Moscou e Dakar.

Mais reveladora, segundo o MPF, é a mensagem eletrônica de 21 de dezembro de 2009. Diack, como consultor de marketing da IAAF e CEO da empresa Pomodzi Sports Marketing, pede a Nuzman que lhe dê uma posição para “resolver o problema para a satisfação de todas as partes”.

“Estou me referindo a sua amável assistência para resolver isso”, escreve o senegalês. Após o acerto, os africanos votaram amavelmente “em bloco” para que o Rio sediasse as Olimpíadas de 2016.

14 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. A FIFA e o COB nao aportaram em países de terceiro mundo de graça. No primeiro mundo da muito trabalho fazer mutretas assim. Imaginem o que nao pode estar rolando na Russia, onde ninguem tem acesso a nada, a nao ser o proprio governo do comunistão Putin.

  2. ahahaha…reparem no segundo email…corrupto africano levando um olé de corrupto brazuquinha, que nao perde tempo em passar a perna em ninguem….realmente transformaram o país no fim do fim do fim. Viramos um nada.

  3. Moscou!!!!!!!
    Bancos de Moscou!
    Finalmente MOSCOU!
    Não foi para lá que Temer viajou esse ano?
    MAS QUE COINCIDÊNCIA!
    DEVE SER SÓ COINCIDÊNCIA, POIS NÃO TEM CORRUPÇÃO NAQUELA DITADURA!