Embaixada da China diz que mensagem de Weintraub "tem cunho fortemente racista"

Embaixada da China diz que mensagem de Weintraub “tem cunho fortemente racista”
O ministro da Educação, Abraham Weintraub, assina  protocolo de intenções que institui a formulação de políticas públicas e a realização de ações para a garantia da proteção integral de crianças e adolescentes.

Abraham Weintraub usou Cebolinha para debochar dos chineses.

A Embaixada da China não apreciou o sofisticado senso de humor do ministro e respondeu:

“Em 5 de abril, o Ministro da Educação do Brasil Abraham Weintraub, ignorando a posição defendida pela parte chinesa em diversas gestões, fez declarações difamatórias contra a China em redes sociais, estigmatizando a China ao associar a origem da COVID-19 ao país.

Deliberadamente elaboradas, tais declarações são completamente absurdas e desprezíveis, que têm cunho fortemente racista e objetivos indizíveis, tendo causado influências negativas no desenvolvimento saudável das relações bilaterais China-Brasil.

O lado chinês manifesta forte indignação e repúdio a esse tipo de atitude.

Instamos que alguns indivíduos do Brasil corrijam imediatamente os seus erros cometidos e parem com acusações infundadas contra a China.”

Leia também: Mandetta vence uma batalha. Vencerá a guerra?
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO