Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Embaixada dos EUA anuncia programa para prevenir queimadas na Amazônia

Parceria inclui Ibama, ICMBio, Funai e setor privado
Embaixada dos EUA anuncia programa para prevenir queimadas na Amazônia
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

A Embaixada dos EUA em Brasília anunciou nesta terça (20) o lançamento do programa Manejo Florestal e Prevenção de Fogo no Brasil.

O programa é uma iniciativa da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), em parceria com o governo do Brasil e o Serviço Florestal dos Estados Unidos (USFS).

Segundo a embaixada, o programa terá a duração de cinco anos e incorpora componentes de prevenção e gestão de incêndios florestais, governança e gestão de florestas, recursos naturais e o uso sustentável de terras públicas no Brasil.

“Os parceiros do programa trabalharão em estreita colaboração com as partes interessadas, para fortalecer a capacidade técnica de populações locais, promovendo também a participação e liderança de mulheres e povos indígenas no manejo florestal e do fogo”, diz nota da embaixada americana.

“No âmbito deste novo programa, a USAID e o Serviço Florestal dos EUA trabalharão em conjunto com o Governo Federal brasileiro, por meio do Ministério do Meio Ambiente e suas agências – o Instituto Chico Mendes para Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA/Prevfogo). A parceria irá envolver ainda a Fundação Nacional do Índio (Funai), o setor privado e parceiros locais, para proteger as paisagens, comunidades e os meios de subsistência na Amazônia”.

A nota da embaixada não informa o valor do investimento.

Procurado, o Ministério do Meio Ambiente não comentou imediatamente o anúncio da embaixada.

Leia mais:

Meio Ambiente não responde se vai aderir a iniciativa de Biden de US$ 1 bilhão para florestas

Embaixada dos EUA: “Nossa cooperação ambiental com o Brasil é profunda”

Caso Salles: Ibama mentiu aos EUA sobre legalidade de madeira extraída no Brasil

Mais notícias
TOPO