Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Embaixador acusa Itamaraty de vetar livro com prefácio de desafeto de Araújo

Embaixador acusa Itamaraty de vetar livro com prefácio de desafeto de Araújo
Foto: Isac Nóbrega/PR

O embaixador Synesio Sampaio Goes Filho acusa o Itamaraty de se recusar a publicar um livro seu por causa do prefácio escrito por Rubens Ricupero, desafeto de Ernesto Araújo, informa a Folha.

Goes foi incumbido pela Fundação Alexandre de Gusmão, braço cultural do ministério, de escrever a biografia de Alexandre de Gusmão (1695-1753), considerado o “avô” da diplomacia brasileira.

Segundo o embaixador, quando ele entregou os originais à diretoria da fundação, foi informado de que o livro só seria publicado se ele retirasse o prefácio escrito por Ricupero, crítico constante da gestão do atual chanceler.

“Isso é censura, obscurantismo; desse jeito nenhum embaixador de prestígio vai poder publicar”, disse Goes Filho ao jornal paulistano. “É um assunto do século 18, e o autor foi vetado porque critica o ministro, não pelo que escreveu.”

O Itamaraty afirma que o livro havia sido aprovado pelo conselho editorial da fundação sem o prefácio de Ricupero, apresentado apenas posteriormente por Goes Filho.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO