Embaixador afastado por assédio continua recebendo salário

O embaixador afastado João Carlos de Souza-Gomes, acusado de assédio sexual e moral contra servidores, foi transferido para o Rio de Janeiro e continua recebendo salário de R$ 20 mil, publica a Folha.

Um lobista pode causar dor de cabeça a Bolsonaro. Mas nenhum grande jornal contou isso para você ainda. LEIA

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Um servidor público com essa carga de acusações ainda estar recebendo vencimentos, digo e afirmo: nem no Gabão do Sul ou em Burundi. Mas no Bananão o “dereito” adquirido é um deboche.

Ler mais 34 comentários
  1. Um servidor público com essa carga de acusações ainda estar recebendo vencimentos, digo e afirmo: nem no Gabão do Sul ou em Burundi. Mas no Bananão o “dereito” adquirido é um deboche.

  2. Os integrantes da Folha são retardados, ele continua recebendo salário porque não deixou o serviço público. Façam uma reportagem com parlamentares PRESOS que continuam recebendo salários.

  3. Sugestão de chamada: “Embaixador afastado por SUSPEITA de assédio continua recebendo salário” …não estaria ele recebendo por haver um inquérito/processo administrativo não concluído?

  4. Eu acho que f.público em suspeição de crime devia receber apenas 1/3 de salário até que se decida o processo,decidido se for condenado tem que devolver o recebido desde a instalação do processo

  5. Se ainda não foi demitido a bem do serviço público, nada a fazer. Vai continuar recebendo salário. É preciso acelerar o processo administrativo que, fatalmente, culminará com sua demissão.

  6. E um descalabro, um absurdo, uma traição aos pagadores de impostos, uma vergonha, um despautério, um tapa na cara do povo e por aí vai. Se isto não acabar o povo tem que tocar fogo no congresso.

  7. Será que esse embaixador existe? Será que cometeu o alegado? Estou achando pouco esse salário de embaixador. Vindo da Folha não dá para acreditar em nada. Afinal, é um jornal a serviço do PT.

  8. Alguém imagina que algo assim aconteça na área privada? Na área pública acontece porque o dinheiro do povo não é de ninguém. Funcionário público pode até ser demitido mas continua recebendo

  9. UAI! o Lula preso continua com todos direitos de Ex-Presidente, ja viu isto em algum Pais? O cara roubou, será condenado mais duas vezes e tem direito a Motorista, Segurança e Secretário e carros!