ACESSE

Embaixadores da China e dos EUA protagonizam embate no Twitter

Telegram

Os embaixadores Yang Wanming (China) e Todd Chapman (Estados Unidos) trocaram acusações nas redes sociais neste fim de semana.

No Twitter, Chapman compartilhou um relatório do Departamento de Estado dos EUA que acusa a China de promover esterilização em massa em mulheres uigures e outra minorias étnicas.

“O silêncio não é uma opção”, completou.

Em resposta, Wanming acusou o embaixador americano de divulgar “boatos e mentiras”.

“Olha, esse homem vem ao Brasil com a missão especial, que é atacar a China com boatos e mentiras, aconselhamos que pare de fazer atividades desse tipo e faça bem ao seu trabalho. Uma formiga tenta derrubar uma árvore gigante, ridiculamente exagerando em sua capacidade.”

Leia mais: Comprovação do elo entre a Presidência da República e o gabinete do ódio complica Bolsonaro. Clique e leia

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 99 comentários