"Embaixadores estão obedecendo a ministros de segunda classe", diz diplomata demitido por Araújo

Demitido pelo chanceler Ernesto Araújo após criticar Olavo de Carvalho, o diplomata Paulo Roberto de Almeida diz que o ministro “demitiu todos os chefes” do Itamaraty.

“Desde antes de tomar posse, em dezembro, eles estavam anunciando que todos os subsecretários, os embaixadores, estavam dispensados. E no lugar, hoje, os embaixadores estão obedecendo a ministros de segunda classe no Itamaraty”, disse ao Estadão.

Segundo o diplomata, “todas as secretarias são ocupadas por funcionários juniores, ou menos antigos dos que estavam antes”.

O Congresso mostra seus dentes: o governo Bolsonaro vai levar a mordida? SAIBA MAIS

“Isso ocorreu porque o chanceler Ernesto Araújo também é um embaixador júnior. E ele está usando um critério geracional, digamos assim, para renovar a chefia. Houve uma quebra de hierarquia muito clara no Itamaraty desde janeiro.”

Comentários

  • Andressa -

    Nem li a matéria, pq sei q vcs só querem prejudicar Bolsonaro! Nem sabemos quem é esse velhote, nem nos interessa, só a vcs que vão usar isso p chantagem do governo! #nojo

  • Josimar -

    NÃO QUEREMOS MAIS ESQUERDOPATAS no Itamaraty e muito menos no governo, esquerda já provou o quanto ela é perigosa para quem é de bem.

  • Luiz -

    Por que este oportunista não levou ao conhecimento do presidente da república antes de ser demitido e agora vem à imprensa fazer alarde pro desestrutura do governo eleito?

Ler 361 comentários