Embraer sobe 10 posições no ranking das maiores empresas do setor militar

A Embraer subiu 10 posições no ranking internacional das maiores empresas do setor militar no mundo e ocupa agora a 81ª colocação, informa Jamil Chade, no Estadão.

Os dados foram publicados hoje pelo Instituto de Estocolmo para a Pesquisa sobre a Paz. As vendas de armas no mundo registraram em 2016 sua primeira alta desde 2010.

No Brasil, a alta superou a média mundial, com 10,8% de expansão no ano passado.

“Entre 2015 e 2016, as vendas da Embraer relacionadas ao setor militar passaram de US$ 839 milhões para US$ 930 milhões. Hoje, esse segmento já representa 15% de todos os negócios da empresa brasileira que, em 2016, registrou lucros de US$ 168 milhões.

(…) Em Brasília, uma das orientações do governo foi a de estimular a exportação do setor militar, justamente para abocanhar parte do novo mercado que se abre com a nova demanda por armas. O governo chegou a recomendar que postos no exterior promovessem as vendas nacionais desse ramo.”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Tem que privatizar tudo!!!
    As estatais só servem para ser saqueadas por políticos corruptos.
    Na Petrobrás dos anos 70 “O PETRÓLEO É NOSSO” o único direito dos brasileiros é pagar pelos combustíveis um dos preços mais altos e abusivos do mundo, muito embora o Brasil seja quase alto suficiente em petróleo.
    Com a passagem dos saqueadores pelo poder, se a Vale e a Embraer entre outras, não tivessem sido privatizadas, com certeza estariam amargando uma situação igual ou pior que a Petrobrás.
    Está mais que provado que o o governo é incapaz de gerir empresas. Invariavelmente o quadro de funcionários das estatais é inchado e ineficaz.

Ler mais 17 comentários
  1. Tem que privatizar tudo!!!
    As estatais só servem para ser saqueadas por políticos corruptos.
    Na Petrobrás dos anos 70 “O PETRÓLEO É NOSSO” o único direito dos brasileiros é pagar pelos combustíveis um dos preços mais altos e abusivos do mundo, muito embora o Brasil seja quase alto suficiente em petróleo.
    Com a passagem dos saqueadores pelo poder, se a Vale e a Embraer entre outras, não tivessem sido privatizadas, com certeza estariam amargando uma situação igual ou pior que a Petrobrás.
    Está mais que provado que o o governo é incapaz de gerir empresas. Invariavelmente o quadro de funcionários das estatais é inchado e ineficaz.

  2. Antes de ser privatizada, a companhia estava à beira da falência e sequer figurava entre as empresas com maior valor de mercado. Tornou-se uma das mais importantes blue chips negociadas na Bovespa e distribui dividendos a acionistas minoritários e funcionários. Portanto, quando a Petrobras será privatizada, deixando de onerar o bolso do povo?

  3. O avião cargueiro KC-390, em fase final de homologações internacionais, e o A-29 Super Tucano, primeiro contrato com a USAF, operando no Afeganistão. Parabéns ao Sr. Ozires Silva, um visionário.

    1. GRANDE OZIRES SILVA !
      ME LEMBRO DELE, NO PATEO DA EMPRESA, COMBATENDO OS GREVISTAS FILIADOS AQ CUT QUE DESEJAVAM DESTRUIR A EMPRESA !!!

  4. Caso a Embraer tivesse caído nas mãos do lulopetismo, se não estivesse TOTALMENTE FALIDA hoje, estaria apenas fabricando aviõezinhos de papel, feitos com santinhos eleitorais com a cara de Lula ou Dilma.
    E só.

  5. A Embraer é apenas um dos inúmeros exemplos do que as privatizações podem fazer de bom para as empresas e a sociedade brasileira. Se Vale e Embraer ainda fossem empresas estatais, teriam sido aparelhas e destruída por nossos governantes corruptos (entre os quais os do PT têm enorme destaque). Os exemplos da Embraer e Vale poderiam estimular o apoio à privatização da Petrobras, Correios, Eletrobras, Banco do Brasil, Caixa e de várias outras empresas estatais.

    1. A vale e tão privatizada que seu maior acionista é o BNDES e quem indica o presidente são os politicos, o FHC enganou muita gente ainda ah tempo para se informar.