Emílio diz que tratou pessoalmente das obras do sítio de Atibaia

Emílio Odebrecht enviou ao juiz Sergio Moro uma declaração em que reafirma que seu filho Marcelo Odebrecht “não se envolveu em tratativas com Lula” em relação ao sítio de Atibaia.

Ele diz que autorizou pessoalmente as benfeitorias no sítio do ex-presidente, a pedido de Marisa Letícia e Alexandrino Alencar.

“Marcelo não se envolveu em nenhuma tratativa direta ou indireta com Lula, cuja responsabilidade pela relação no Grupo Odebrecht era minha.”

Emílio afirma que soube posteriormente que Marcelo Odebrecht “tratava também com os mesmos interlocutores do PT (Palocci e Mantega) sobre temas de interesse da Odebrecht junto ao Governo Federal e que alguns desses temas estão refletidos na chamada Planilha Italiano.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO