Empresa de cabotagem diz que resolução da Antaq foi encomenda de grandes grupos

A empresa Posidonia, que contratou o escritório de Sergio Bermudes para derrubar resolução da Antaq, enviou a O Antagonista a seguinte nota:

“A Posidonia afirma que não cumpre os requisitos da RN 01/15 justamente porque, tendo sido elaborada por encomenda das grandes empresas que controlam a cabotagem em forma de cartel, foi criada para que pequenas e medias empresas não tenham acesso aos navios estrangeiros, na falta dos brasileiros, matéria esta que vem sendo tratada pelo 5º Nucleo de Combate à Corrupção do MPF/DF, no inquérito instaurado para investigar servidores da Antaq. O Cade, provocado pelo próprio MPF, apenas confirmou, após quase 1 ano, o que a Secretaria de Acompanhamento Econômico informou no inquérito. O órgão técnico do TCU, por vez, também confirmou os indícios de irregularidades na Resolução Normativa 01/15-Antaq. Sobre o escritorio de advocacia mencionado, ele advoga para a empresa há mais de 5 anos.”

Entenda o caso:

A cabotagem de Bermudes e Dantas

 

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Antaq e Porto de Santos disse:

    Tudo relacionado...investiguem

Ler comentários
  1. ANTAQ possui uma ORCRIM antiga disse:

    ANTAQ é um antro de corruptos. Isso vem de muito tempo. Negromonte sabe bem disso. O concurso público de 2008 para especialistas e técnicos foi fraudado para admitir bandidos. Até mesmo a filha de Jackson Lago foi beneficiada. Fechem a ANTAQ já!

    1. Considero-me responsável pelos dois primeiros concursos públicos realizados pela ANTAQ, na qualidade, à época, de Superintendente de Administração e Finanças da Agência. Somente um boçal completo pode imaginar a possibilidade de fraude num concurso público, com milhares de candidatos, realizado pela UnB-CESP, para a aprovação de indicado por quem quer que seja. O que deturpou a finalidade das agências foi o aparelhamento político dos quadros dirigentes que, além de abrigar pessoas despreparadas e sem a mínima noção do que seja regulação, degenera toda a linha hierárquica da instituição. Por essa razão, ou seja, o aparelhamento, teve diretor da ANTAQ, Procurador, Ouvidor e outros corridos pela Polícia Federal por ocasião da Operação Porto Seguro - aliás, como anda esse inquérito?

  2. Progresso puxado por mullas disse:

    O boçal de Garanhuns prometeu rasgar terras e mares pro escoamento de produção agrícola e mineral, a Odebrecht abocanhou trechos importantes deu uma maquiada e tudo continua como antes. Eles só querem roubar, roubar, roubar, roubar. E o vagabund0 continua solto.

    1. ZÉ DIRCEU, MESMO CONDENADO, CONTINUA SOLTO E DANDO GARGALHADAS PARA O POVO BRASILEIRO, MERCÊ DA VASSALAGEM DE ALGUNS "SUPREMOS" !!!

  3. Odyr Azevedo disse:

    Parabéns aos proprietários desta empresa, exemplo a ser seguido, se cada empresa que se sentir lesada em livre concorrência efetuar a denuncia abre-se mais um caminho para moralização do pais.

  4. Maira Trindade disse:

    Trata-se de oferecer mais e mais malas recheadíssimas para estar dentro dos “padrões”. TODAS as entidades públicas são antro de corruptos a serviço da corj@ do congresso que, por sua vez, nada teme pois tem o $TF de fdp tipo beiçolão, para blindá-la.

  5. Paladino disse:

    Temos um dos maiores litorais do mundo e o PIOR FRETE de cabotagem. Nossos produtos escoam sobre rodas, em rodovias ultrapassadas. Pagamos caro por isto. Para entrar na elite do frete de cabotagem tem que ser " Amigo ". Lavajato na cabotagem !!!!!

  6. wilsonX disse:

    É bom lembrar que teve diretor da ANTAQ que saiu com a PF no seu encalço quando da operação Porto Seguro.

  7. CADE LOVES BRASKEM disse:

    O CADE É O AQUELE QUE É PADRINHO DA BRASKEM? SE NÃO FOSSE PELO CADE NÃO EXISTIRIA O MONOPÓLIO DO MAU NO SETOR PETROQUIMICO

  8. Mara disse:

    Essa Posidonia é empresa pequena e é atendida pelo escritório do tal Bermudes? Pode contar outra, ô Posidonia...