Empresa investigada pela PF opera jatinho que buscou Salles e Flávio em Noronha

Empresa investigada pela PF opera jatinho que buscou Salles e Flávio em Noronha
Foto: José Cruz/Agência Brasil

A Crusoé informa que o jatinho Embraer Phenom que transportou Ricardo Salles e Flávio Bolsonaro na volta de Fernando de Noronha é operado por uma empresa controlada pelo conglomerado JHSF, grupo enrolado em investigações da Polícia Federal.

“A aeronave tinha a logomarca do aeroporto executivo Catarina, de propriedade do grupo empresarial, localizado em São Roque, interior de SP. A empresa proprietária do avião, a SPCTA Táxi Aéreo, é administrada pela JHSF Investimentos em Negócios Aeronáuticos, da qual o empresário Rogério Lacerda é diretor-presidente.”

LEIA AQUI a reportagem de André Spigariol na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO