ACESSE

Empresário é preso no Rio por suspeita de fraude em merenda escolar

Telegram

A Polícia Civil e o Ministério Público do Rio prenderam nesta sexta-feira o empresário Mauro Della Libera Braga, que é suspeito de fraudar contratos para a compra de merenda escolar da rede estadual.

A Operação Prandium também cumpre 64 mandados de busca e apreensão.

Braga é apontado como o responsável pela Fox Comércio e Prestação de Serviço, uma das dez empresas investigadas na operação.

Segundo os investigadores, o esquema teria movimentado R$ 50 milhões.

Diretores de escolas também foram conduzidos pela polícia para prestar esclarecimentos. A Secretaria de Educação do estado anunciou que eles serão afastados preventivamente.

Leia mais: Um amigo aconselhou Bolsonaro a renunciar. O presidente resiste. E tem um plano para ir até o fim

Comentários

  • Cirval -

    E aquele caso da merenda na capital e no interior de São Paulo não deu em nada? Envolvia até um deputado do PSDB que era promotor de justiça. Foi mais um abafa ou o processo está em andamento?

  • Ronaldo -

    Com a covid pelo menos estes pilantras não precisam tapar o rosto. É muita safadeza, por estas e outras que precisamos do MORO e não do MINTO.

  • Ale -

    Pelo físico dele me parece que desviavaa merenda pra comer rs

Ler 8 comentários