Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Empresário que produz medicamento exibido por Bolsonaro é militante governista

No dia 26 de março, Jair Bolsonaro levou uma caixa do medicamento Reuquinol para a reunião virtual com os líderes do G20 sobre a pandemia do novo coronavírus.

O medicamento é fabricado pelo laboratório Apsen e tem cloroquina na sua composição, substância que o presidente tem divulgado como promessa de cura para a Covid-19.

Segundo o site Metrópoles, o dono da Apsen é Renato Spallicci, um militante bolsonarista que fez campanha para o presidente.

No mesmo dia da reunião do G20, Spallicci publicou no Facebook a notícia de que o Reuquinol havia sido mostrado por Bolsonaro aos líderes de outros países.

A Apsen prometeu fornecer sem custo parte da produção ao Ministério da Saúde. Segundo Bolsonaro, a doação seria de 10 milhões de comprimidos.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO