ACESSE

Empréstimos a Cuba e Venezuela foram erro, diz presidente do BNDES

Telegram

Dyogo Oliveira, o atual presidente do BNDES, afirmou que foi um erro o banco ter emprestado a Cuba e Venezuela no passado –hoje está claro que as ditaduras não podiam honrar seus compromissos.

O saldo devedor dos empréstimos, concedidos durante os governos do PT, é de mais de R$ 4 bilhões, e os dois países estão com prestações atrasadas.

“Provavelmente [os empréstimos] não deveriam ter sido feitos, e agora temos que ir atrás do dinheiro para receber“, declarou Oliveira em evento no Rio, conforme o relato da Folha

O petismo é assim: torra o seu dinheiro para ajudar as ditaduras amigas.

Você quer saber o que está por trás da campanha do petista Fernando Haddad para a Presidência? Clique AQUI.

Comentários

  • Gérson -

    Ahahah, o Mito vai escancarar os arquivos do BNDES e Petrobrás e a cobra vai fumar. CANALHAS!!!!

  • Fábio -

    -HOJE- está claro? Sempre esteve claro. O PT usou 4 bilhões para investir na esquerda de outros países.

  • marcelo -

    Erro? Foi proposital para apoiar plano de dominação do Foro de SP/Comunismo Leninista. Proibam turismo para Cuba que se anuncia no metrô de SP que as parcelas voltam.

Ler 152 comentários