ENCARREGADO DAS OBRAS DO SÍTIO DE ATIBAIA TAMBÉM ERA FUNCIONÁRIO FANTASMA DO SESI

Telegram

Além de Marlene Araújo, nora de Lula, o TCU condenou o ex-assessor presidencial Rogério Aurélio Pimentel, que recebia salário de mais de R$ 8 mil do Sesi, de São Bernardo do Campo (SP), sem comparecer ao serviço.

Acomodado no Sesi a partir de abril de 2011, Rogério permaneceu na função até 2015, quando as investigações da Lava Jato chegaram ao sítio de Atibaia.

Posteriormente, ele foi identificado pelos investigadores como o encarregado de Lula e Marisa para acompanhar as obras de reforma do sítio, tendo realizado até pagamentos em espécie a fornecedores.

Segundo o TCU, “o contrato de trabalho e as portarias mencionadas foram assinados pelo responsável Sr. Jair Antônio Meneguelli, exceto a Portaria 18/2015, assinada pelo Sr. Gilberto Carvalho”.

Comentários

  • Cirval -

    Incrível como deixaram o SESI ser ninho de petistas corruptos. O que têm a dizer os empresários industriais da FIESP?

  • Sandra -

    O SISTEMA S MERECE ,HÁ MUITO TEMPO , SER INVESTIGADO.TEM CAROÇO NESTE ANGU.

  • Oliveira -

    Vejam a finalidade do SESI e o desvirtuamento que 0s vagabundos provocam em todas as instituições. Oito mil reais garantidos por outrem para servir de capacho, prestar-se a "mucamo" de gente desprezível, a outros criminosos semelhantes em escrúpulos, ricos, porém canalhas avaros que não gastam um centavo do próprio bolso.

Ler 50 comentários