Enquanto Bolsonaro critica, Moro elogia a Receita

Enquanto Bolsonaro critica, Moro elogia a Receita
Foto: Carolina Antunes/Agência Brasil

Sergio Moro parabenizou a Receita pela apreensão recorde, no ano passado, de R$ 3,25 bilhões em mercadorias contrabandeadas.

“Parabéns à Receita Federal e a todos os seus servidores pelo recorde de apreensão de contrabando”, postou o ministro no Twitter.

Hoje, os auditores fiscais criticaram declarações de ontem de Jair Bolsonaro.

Na live de ontem, ao contar sobre a reunião que teve ontem com empresários na Fiesp, o presidente disse que a Receita “atrapalha em algumas áreas o desenvolvimento do Brasil”.

Auditores reagem a declarações de Bolsonaro sobre a Receita

 

Leia também: Por que o Congresso pode barrar o corte nos gastos públicos?
Mais notícias
TOPO