Enquanto o governo Bolsonaro discute, PT faz campanha por ampliação do Bolsa Família

Enquanto o governo Bolsonaro discute, PT faz campanha por ampliação do Bolsa Família
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Enquanto o governo de Jair Bolsonaro não lança o substituto do Bolsa Família, que será chamado de Renda Cidadã, o PT tenta atravessar o debate.

Gleisi Hoffmann, presidente nacional do partido, anunciou hoje uma campanha para pedir apoio à aprovação do projeto Mais Bolsa Família, que aumenta o valor atual e inclui mais gente no programa.

Lula assinou um pedido de urgência para votação dessa proposta na Câmara.

Na semana passada, O Antagonista noticiou que Bolsonaro voltou atrás da decisão de enterrar o seu programa assistencial porque recebeu conselhos de ministros e parlamentares governistas para que “não perdesse a oportunidade” de colocar sua digital em um programa assistencial amplo.

O ministro Luiz Eduardo Ramos, chefe da Secretaria de Governo, chegou a dizer a Bolsonaro que “a esquerda estava vibrando” com o fim do Renda Brasil e que o governo não podia deixar aquilo acontecer.

O presidente foi alertado de que havia o risco de a oposição aproveitar o anúncio dele, naquele vídeo raivoso gravado no Palácio da Alvorada, para lançar imediatamente um substituto do programa assistencial, tirando do presidente o protagonismo conquistado com o pagamento do auxílio emergencial em meio à pandemia.

O Renda Cidadã deverá ser lançado na próxima semana.

Leia mais: Como o cerco da PGR à Lava Jato beneficia petistas e tucanos
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 32 comentários
TOPO