Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Entenda as mudanças feitas pelo Ministério da Saúde que estão impactando o registro de óbitos

Entenda as mudanças feitas pelo Ministério da Saúde que estão impactando o registro de óbitos
Foto: Wilson Lima/O Antagonista

A nova ficha distribuída pelo Ministério da Saúde às secretarias de Saúde estaduais e municipais trouxe exigências de dados que estão atrasando o registro de óbito, causando instabilidade nas estatísticas da Covid.

O agente de saúde agora precisa registrar o histórico de viagem do paciente, se foi vacinado, o número do cartão do SUS, se é brasileiro ou estrangeiro e até se pertence a uma comunidade tradicional. O CPF, que era essencial, agora passou a ser obrigatório.

Secretários estaduais de Saúde reclamam que as mudanças não foram informadas e estão provocando atraso nos registros das mortes.

Veja a nova ficha:

Nova ficha do Sivep-Gripe — Foto: Arte/G1

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO