"Entregaremos a totalidade das doses requeridas", diz Dimas Covas em ofício

“Entregaremos a totalidade das doses requeridas”, diz Dimas Covas em ofício
Foto: Reprodução/Instagram/Instituto Butantan

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, acaba de responder ao diretor de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Ferreira Dias, sobre o envio imediato de 6 milhões de doses importadas da Coronavac.

No documento, Covas diz que entregará a “totalidade das doses requeridas”.

Como registramos há pouco, ele também solicitou informações sobre “o quantitativo a ser destinado ao Estado de São Paulo para que o mesmo seja entregue diretamente ao CDL-SES-SP como de praxe para as demais vacinas produzidas pelo Instituto Butantan”.

“Aguardamos orientação de V. Senhoria quanto ao início da campanha de vacinação, com confirmação de data e horário definidos, considerando que deverá ocorrer simultaneamente em todos os estados do Brasil.”

E também ressalta que “a disponibilização deverá ocorrer tão logo seja concedida a autorização pela agência reguladora”.

O ofício é assinado por Covas, Rui Curi (Fundação Butantan) e Reinaldo Sato (Superintendente da Fundação Butantan)

Governo de São Paulo Confirma Entrega de Coronavac para Governo

Leia mais: Enquanto dezenas de países do mundo já iniciaram a vacinação contra a Covid-19, o Brasil patina entre duas vacinas.
Mais notícias
TOPO