ENTREVISTA: "Justiça e Segurança seguem melhor juntas. Os resultados falam por si", diz Moro

“Integração é palavra-chave.” Essa é a resposta de Sergio Moro para a melhora nos índices de combate ao crime em seu primeiro ano como ministro da Justiça e da Segurança Pública. Em entrevista exclusiva a O Antagonista, ele explicou a estratégia por trás dos recentes avanços e rebateu os boatos sobre uma eventual cisão da pasta sob seu comando.

“A separação não foi uma ideia muito boa do governo anterior. Acho que seguem melhor juntas e, sinceramente, não tenho ouvido mais ruídos nesse sentido. Teve alguma coisa no passado, mas acho que os números, os resultados no combate à criminalidade acabam falando por si.”

Além da integração, que reproduz modelo semelhante ao da força-tarefa da Lava Jato, o ministro destaca a transferência das lideranças do PCC de São Paulo para presídios federais, onde ficam isolados.

Segundo ele, a leniência dos governos anteriores permitiu que uma facção estadual se transformasse numa organização criminosa nacional.

“Isso deveria ter sido feito em 2006 quando teve aqueles atentados. As transferências não foram feitas. A organização cresceu. Era regional, basicamente São Paulo, virou nacional. Passa a mensagem errada: ‘Olha ninguém tem coragem de mexer com eles’.”

Nos próximos blocos, você saberá também o que Moro pensa sobre os sucessivos ataques à Lava Jato, sua imersão no mundo político e qual rumo deseja tomar no futuro: Supremo ou Presidência?

Os assinantes do aplicativo A+ assistem em primeira mão à entrevista.

Comentários

  • Alberto -

    Moro é um gigante bem acordado. Um fenômeno. O maior brasileiro de todos os tempos.Enamora a justiça com carinho e fidelidade.Orgulho do Brasil.Deus deve cuidar dele para que viva muitos anos.

  • alvarinalmeida@camam -

    Bravo, Ministro e magistrado orgulho do Brasil!!!!! Respeitado nacional e internacionalmente!

  • Julieta -

    Nos Governos anteriores os cargos não eram preenchidos por técnicos,eram cargos politicos,neste Governo há competência.Os intrometidos agora são os politicos que não entendem do assunto.OUÇAM MORO !!

Ler 17 comentários