Equipe de Bolsonaro avalia corte de tarifas de importação sem contrapartidas

A equipe de transição de Jair Bolsonaro trabalha com três propostas de abertura comercial que têm como ponto comum “a redução, voluntária e unilateral (ou seja, sem exigência de contrapartidas) das tarifas de importação”, registra o Estadão.

As medidas deverão ser feitas aos poucos e junto com uma reforma tributária.

A redução unilateral das tarifas, é claro, contraria o setor industrial.

Um lobista pode causar dor de cabeça a Bolsonaro. Mas nenhum grande jornal contou isso para você ainda. LEIA

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 104 comentários
  1. É preciso um incentivo para empresas ESTRANGEIRAS irem ao sertão para abrir lá indústrias, faculdades, empresas de tecnologia. ZERAR IMPOSTOS federais (IPI, I.Imp, I.expor) para isso.

  2. Não é tão simples assim, cortar impostos de importação sem retirar essa carga absurda das costas do empreendedor nacional??!! Estou começando a achar que esse Paulo Guedes é meio cabeça de bag

    1. Leu toda a matéria fera? Redução de impostos junto com a reforma tributária. O cara da reforma tributária chama-se Marcos Cintra, ele esta na equipe de transição.

  3. É por isso que eu votei em Ciro, porque Ciro pensa como Donald Trump, valoriza a indústria nacional e planeja ações capazes de reverter a desindustrialização brasileira. Guedes é destrambelhado

    1. amigo veja quanto custa um aparelho de barba gillete m2 e quanto custa a lamina. Veja o cx 2 da indústria nacional escondido lá fora

    1. Tem um outro ponto amigo, muitas empresas nacionais dependem de importações de máquinas e insumos pra produção. Segundo ponto tenho certeza que irão ver medidas pra fortalecer a indústria nacio

  4. Interessante! Também vão cortar os impostos, os encargos trabalhistas e a insegurança jurídica que estão nos matando? Simples, nos deixem em igual situação tributária e trabalhista dos import

    1. Ora, se o nosso parque industrial está atrasado, qual será o resultado de expor nossa indústria à competição com potências industriais avançadas? Falência total, bobinho! Só Ciro salva!

    1. Aí o empresário nacional vai ficar no velho ramerrame, e não vai deixar o país decolar…no andar da carruagem ajeitam-se as melancias…

    2. Assim você não abre nunca, pois nunca o empresariado vai achar que cortou e facilitou o suficiente, tem que ser tudo ao mesmo tempo, nada de dar tempinho não.

  5. Excelente iniciativa, especificamente para nós que somos profissionais da área tecnologica aonde precisamos importar produtos que em determinadas situações se tornam inviáveis por conta das taxas

  6. Excelente ideia, aí faz com que o empresário tire a bunda da cadeira e saia vendendo. Chega de tantos cartórios, a hora do fim dos privilégios chegou, ou é bom ou cai fora. O Brasil precisa amadu

  7. Que entusiasmo ai embaixo. Mas primeiro deveríamos melhorar o PRIMEIRO grau de nossas escolas, pois não conseguem ler e entender um manual de um martelo.E contar até 10, só com calculadoras .

    1. …escola tbm precisa de $ que vce sabe bem, vem dos impostos. Só melhora com $ e prá isto tem de fzer ele circular. Nao circula pque esta favela é pobre e cara sendo o filé, p. poucos.

  8. Parabéns! Esta na hora de acabar com esses monopólios danosos ao país. A abertura comercial vai forçar a concorrência e criar condições para a eficiência. Chega de Federações industriais cor

    1. sim, precisa primeiro criar condições de competição interna antes de abrir, senão vai ser um genocídio do pouco que resta.

    2. Evandro eu sei disto…bem sei mas como esta situaçao se crsitalizou, tem muito empresario que aderiu ao cartorio da facilidade da nao comppetiçao ! Tem de mudar isto ai…

    3. PAULO desconhece que nossos empregos da indústria estão na China. Não compensa abrir uma indústria sendo que tudo importado ficou mais barato do que produzir aqui devido ao arrocho no setor produt

  9. Galera teremos como Ministros em Ciência e Tecnologia e Economia, ambos fantásticos, portanto farão os ajustes necessários com muita coerência, sendo assim especulações sem conhecimento é sab

  10. ”Compro em Miami porque sou pobre!Se fosse rico, comprava no Brasil mesmo …”!!! Aqui senhores, tudo é muito, mas muito caro mesmo e destarte a CULPA teributaria dos governos, o protecionisto.

  11. Convivemos a tempos c/ um problema seríssimo no Brasil. A questão dos monopólios e oligopólios- Profundamente semeados pela esquerda. Dólar sobe Dólar cai e os preços SEMPRE SOBEM. INSUPORTÁVE

    1. Muito bem falado, essa prática é a estratagema da política esquerdopata que causou esse caos financeiro, aliás eles sempre estimularam isso pq são vampiros ou melhor ERAM pq a boca acabou.

  12. Primeira medida do próximo governo, revogar o aumento de salário do judiciário. inconstitucional pois não se pode aumentar salarias nos últimos 180dias de mandato. segundo, revogar o rota 2023 .

  13. se a abertura for honesta e nao aquela que Lula fez, desonesta, p. a China, todos ganharemos! Aquela que Lula fez detonou o setor textil e de sapatos nacional e fez do sr. Alencar, um bilhonario…

  14. “Temos de produzir tudo aquilo de que precisamos e parar de importar produtos do exterior. Assim seremos um país autossuficiente e manteremos o ouro no país”. Leitor mercantilista do Anta, sécu

  15. Um rifle 22 fabricado no Brasil sai p/ brasileiro por 1700 REAIS, o mesmo fabricado no Brasil é exportado p/ os EUA e chega na loja p/ o americano no valor de 99 DÓLARES. UM ASSALTO!!

    1. Tem q fazer Reforma Tributária p/ redução dos impostos(consumo e tributação) e abrir o mercado p/ haja competição. O melhor preço e o melhor produto leva o cliente!! É assim em qualquer lugar

  16. Antes da China dominar o comércio mundial tínhamos por exemplo 4 marcas de ferramentas elétricas. Hoje temos mais de 30 e apenas umas 5 ou 6 fabricando tudo aqui. Aonde foram e estão os empregos?

    1. É isso que eu quero dizer Paulo. Um motor elétrico é uma coisa besta que qualquer fabriqueta poderia fazer mas temos que importar porque não compensa produzir aqui.

    2. Evandro, pesquise da onde vem os motozinhos !?Sacou porque tem tantas empresas ? E nao temos 5/6 ‘fabricando tudo aqui’ nao…eu sei porque ainda tenho negocios no setor de plasticos.

  17. Bolsonaro não vai atuar contra a máfia chinesa que faz contrabando, planta imigrantes ilegais por todos setores, para dar vazão as muamba? Por 3mildolares qqr container passa batido s ser aberto

    1. Correto, Gabriel. O Brasil precisa de tecnologia de ponta para produzir e consequentemente gerar empregos. Se o contrário tivesse dado certo, hoje estaríamos no 1º mundo e não na rabeira.

  18. tem gente q acha q a industria nacional irá melhorar em produção , qualidade e preço, dificultando a importação….. a história tá bem perto nos anos 80 pra mostrar o quanto isso é nocivo ao

    1. Essas maquininhas de crédito que agora qualquer autônomo tem, até vendedora da Avon, custaram a chegar no Brasil por isso, a do UOL até enfrentou processo do MIC. Atraso é isso!

    1. O Collor liberou mas foi por pouco tempo, foi uma gritaria tremenda da nossa indústria “nacional” de automóveis. Ainda mais porque as fabricantes não poderiam importar.

    2. Ou então as montadoras nacionais virariam vendedoras de carros usados, ora! Tudo tem o preço Brasil embutido, e para carros deve chegar a mais de 50%. Os outros 50% é o carro e o lucro!

    1. Jocimar, diferencie o lixo do bom produto, por favor. Paulo, compre um Lifan e reze para não bater. Humberto, a sua reação é me chamar de burro e falar clichê. Quem é o burro?

    2. O lixo chinês o povo já compra há tempos. O PT nada fez a respeito. O imposto sobre MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS de 1º linha para hospitais, indústrias, etc. é muito levado no Brasil.

    3. A China tecnologicamente esta uns 50 anos na nossa frente, o lixo que vc refere são os produtos baratos e vc so compra barato pq nao tem dinheiro pra comprar o caro.

    4. Evandro…faz mais de 05 anos que a nova pol. industrial da China nao quer mais produzir ‘lixo chines’ nao !! Os carros chineses já sao na Europa os novos coreanos que aqui, 15 anos atras detonaram

    5. Deixa de ser burro, essas barreiras só privilegiam uma classe de empresário ineficiente e que vivem nas tetas do governo.

  19. Isso é idéia de jerico! Temos que aumentar as exportações e não importações. Nossa industria está acabada. É mais lucrativo para o empresário criar uma marca e importar do que produzir aqui.

    1. Sinto Junior mas você sabe que ninguém vai abrir mão de alguma vantagem. Se eu ouvir que haverá alíquota zero para máquinas, tecnologia e insumos, mudo de idéia.

    2. dou um exemplo…torno nacional pequeno, 6 mil reais e baixa tecnologia! Torno na mesma linha, importado, preço sem impostos, dois e trezentos !!

  20. Outro setor que está a exigir intervenção é a respeito das tarifas de transporte! Esta multa estipulada pela CNTT é absurda! Onde está o espírito de concorrência? Quem pode fazer + barato q. o

  21. Nossa indústria não precisa de mais concorrência. Elétricos e eletrônicos são, +/-, 70% importados e é neles que está o progresso tecnológico. Precisamos de máquinas para produzi-los aqui.

    1. Precisa reduzir a carga tributária e a carga incidente sobre a mão de obra. Quem contrata paga muito,quem recebe ganha pouco. Dinheiro bom é o q está no bolso e quem trabalha.

  22. Ganho de produtividade e modernização da economia, isso DENUNCIA que a equipe vai fazer a reforma fiscal, e tentará por o IVA, imposto de valor agregado, estão no caminho certo, é funciona em60p