Ernesto agora quer fazer diplomacia?

Ernesto agora quer fazer diplomacia?
Foto: Isac Nóbrega/PR

Como registramos mais cedo, o Itamaraty reclamou do “tom e conteúdo ofensivo e desrespeitoso” da nota que a embaixada da China publicou nas redes sociais, ontem, após o malfadado tuíte de Eduardo Bolsonaro.

Em correspondência diplomática vazada à imprensa, o MRE disse que “não é apropriado aos agentes diplomáticos da República Popular da China no Brasil tratarem dos assuntos da relação Brasil-China através das redes sociais”.

É curioso que Ernesto Araújo, useiro e vezeiro das redes sociais, resolva agora criticar quem lança mão da mesma ferramenta para reagir. O próprio Eduardo Bolsonaro, filho do presidente da República e ‘chanceler do B’, é reincidente em tuítes difamatórios.

Hipocrisia é a arte de exigir dos outros aquilo que não se pratica.

Leia mais: Combo Crusoé e O Antagonista+: comece a ler por apenas R$ 1,90
Mais lidas
  1. Huck 2026?

  2. Médica de Rondônia ri de intubação de pacientes

  3. Bolsonaro: leite condensado é para 'enfiar no rabo' da imprensa

  4. Estudante de direito é preso com 3 mil pés de maconha

  5. Permita-se fazer como o doutor Nogueira e dizer 'Teu c...'

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 64 comentários
TOPO