Ernesto Araújo tenta 'guinada pragmática'

Ernesto Araújo tenta guinada pragmática
Foto: Arthur Max/MRE

Ernesto Araújo tomou atitude rara nesta terça, 2, ao conceder entrevista coletiva sobre a sua condução da política externa, refutando críticas à sua gestão, que é vista como prejudicial aos interesses do Brasil por integrantes da oposição e de partidos do Centrão.

O chanceler falou sozinho por 40 minutos antes de ouvir as primeiras perguntas dos repórteres. Também fez acenos positivos à China, em linha com as expectativas de lideranças da base aliada do governo que pediram sua demissão nas últimas semanas.

LEIA AQUI a reportagem de André Spigariol na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO