Erundina: faltou 'responsabilidade e humanidade' ao governo na pandemia

Erundina: faltou responsabilidade e humanidade ao governo na pandemia
Divulgação/Câmara

Luiza Erundina foi oficializada hoje como candidata do PSOL à presidência da Câmara. Em discurso, disse que faltou “responsabilidade e humanidade” ao governo de Jair Bolsonaro durante a pandemia. Mas não poupou Rodrigo Maia.

“Lamentavelmente, a Câmara, no curso dos anos, especialmente durante a pandemia, se aproveitou do momento de emergência e embutiu na pauta matérias que não eram medidas, providências e saídas para atender o novo povo; eram medidas para continuar com essa política ultraliberal, de austeridade fiscal, que só quem paga por ela é o povo”, disse Erundina.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
TOPO