ACESSE

"Escalada nas agressões é grave e o presidente da República nada faz para contê-la", diz líder do Cidadania

Telegram

O líder do Cidadania na Câmara, deputado Arnaldo Jardim, criticou o “silêncio” de Jair Bolsonaro sobre o episódio em que bolsonaristas lançaram fogos de artifício contra o STF na noite do último sábado.

“O silêncio do presidente do país, diante do grave ataque a um Poder da República, é ensurdecedor. Soa como anuência. Eu gostaria de ver a manifestação de repúdio do chefe do Executivo Federal contra aquilo que é gravíssimo e que foi promovido por sua própria rede de apoio.”

O parlamentar acrescentou:

“Há uma minoria de desordeiros, apoiadores do bolsonarismo, que insiste em desafiar a lei, a Constituição e a democracia. Antes, esse grupo lançava ofensas de todo tipo a ministros, parlamentares e outros chefes de Poderes, mas, nesse fim de semana, resolveram lançar rojões contra o prédio onde fica a sede do STF. Essa escalada nas agressões é grave e o presidente da República nada faz para contê-la.”

A militante bolsonarista Sara Winter foi presa na manhã desta segunda-feira.

Leia mais: A voz livre de Moro: agora ele é colunista exclusivo da 'Crusoé'. Clique e saiba mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 59 comentários