Escolas incutem “conteúdo esquerdista na cabeça de nossos jovens”, diz Eymael

O candidato à Presidência pelo partido Democracia Cristã (DC), José Maria Eymael, defende o movimento Escola sem Partido, argumentando que as escolas atualmente ministram conteúdos ideológicos, registra o Estadão.

“Existem partidos que acharam esse programa absurdo, uma vez que não poderão mais ensinar somente conteúdo esquerdista na cabeça de nossos jovens, o que não é justo”, afirmou Eymael, que também quer criar creches 24 horas para pais que trabalham à noite.

Entrevista | Miguel Nagib, fundador do movimento Escola Sem Partido (íntegra)

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 36 comentários
  1. O MEC fixa conteúdos esquerdistas e define textos do mesmo teor; não é democracia mais, é imposição ideológica. Tenho filhos que estudam e acham até graça mas se responderem diferente levam zero.

  2. Ensino público de qualidade permite q o estudante leia, questione, participe e se com tudo isso ele passa a ter a visão ideológica da esquerda é porquê a coerência, o social e a democracia ali reina.

    1. Como? Esquerda coerente? Social? Democrática? Isso não existe. A esquerda tem como meta o domínio de mentes e sua consequente escravização, já que o Estado passa a ditar todas as normas.

  3. É CRIMINOSA a lavagem cerebral que fazem nos jovens. No meu tempo, tive um excelente professor de Estudo dos Problemas Brasileiros (nem existe mais!) que nos ensinou tudo sobre TODAS as doutrinas.

  4. Fala aí, carinha… ideologia de direita canhestra pode deixar esquerda canhestra não? Evangélicos perseguido espiritualistas pode, o contrário não. Democracia não é aquilo que você quer. Isso é nazi.

    1. Tereza se aqui fosse realmente uma democracia se pode ensinar o socialismo nas escolas deveria permitir também o nazismo não? Afinal o comunismo foi 50 vezes mais genocida que o nazismo.

  5. Quando o Estado era católico, todas as religiões e ideologias eram ativamente defendidas. Os atuais Estados laico-munistas são, de fato, isentos, e não laicos. Olhem para a nossa juventude. Pensem.

  6. Eu em escola particular levei um pouco dessa doutrinação covarde de esquerda (por parte de alguns profs de História/Geografia), mas como tinha acesso a informação e mente sã, esse câncer não me pegou.

  7. Eymael, sinceramente, você precisa se render à realidade, “a prática é o critério da verdade”… nesse quadro de polarização o certo é você se solidarizar ao “não-ladrão” contra o ‘pool’ da orcrim.

  8. A pior coisa que um país de terceiro mundo pode fazer é misturar ideologia religiosa e política com conteúdo científico formal. Urge tirar religião e política de dentro das escolas.

    1. Socialismo, onde seu patrao é o Estado. Capitalismo onde seu patrao é o poder economico. Bolivarismo onde seu patrao é analfabeto!

    2. Socialismo é o Estado escravizando o homem! O fluxo migratório diz claramente vqual “exploração” é a menos pior

  9. Os petralhas aparelharam as Univ Federais, e seus minions se espalham nas escolas publicas e particulares com o unico proposito de criar uma juventude bolivariana – Escola sem Partido JÁ!

    1. Estado é, e deve SEMPRE deve ser LAICO. Cristianismo se ensina na Igreja, ou isso ou quero ensino de Kardec, Budah e Orixas também