ACESSE

"Escrava" não tem apoio do PMDB Afro

Telegram

A ministra Luislinda Valois (Direitos Humanos) pediu para sair do PSDB para se manter no cargo. Temendo que ela migre para o PMDB, a ala afro da legenda já se posicionou contra a filiação da “escrava”.

“O PMDB Afro repudia a possível filiação da senhora Luislinda Valois, atual ministra dos Direitos Humanos, ao PMDB. Entendemos que esta senhora vem, com suas ações, com suas palavras, constrangendo o governo do presidente Temer ao longo deste período em que ficou como ministra e não justifica uma filiação com o único propósito de se manter no cargo”, disse o presidente nacional do PMDB Afro, Vanderlei Lourenço, a Romero Jucá, conforme registra a Folha.

Comentários

  • Danir -

    Parece craca em casco de navio. Não desgruda de jeito nenhum, e ainda atrasa a marcha como se fosse um freio de mão puxado. A pessoa é uma caricatura e a pasta que representa uma piada. Aonde estão a vergonha e a dignidade das pessoas públicas?

  • B -

    Depois de mostrar ao país inteiro o quanto é insensível à luta cotidiana dos cidadaos por sobreviver, vai ter de se dedicar a cuidar de sua mansao em Salvador.

  • Paulo -

    PMDB Afro é "pacabá"!

Ler 26 comentários