Escritório que cuidará do compliance do PT é de advogado que visitava Lula na cadeia

O Valor Econômico, como registramos aqui, noticiou que Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, propôs a criação de um programa inédito de compliance.

O escritório contratado pelo partido, apurou O Antagonista, é o França da Rocha & Advogados Associados, que pertence a Luiz Carlos da Rocha, o Rochinha, advogado de Curitiba que visitava Lula todos os dias na prisão. Ele também é muito próximo de Jaques Wagner (fotos abaixo).

No site da banca, o compliance não está entre as 13 áreas de atuação indicadas. Advogados com anos de estrada disseram à reportagem que o escritório do amigo do ex-presidiário nunca atuou nesse ramo.

Desde o ano passado, partidos como PT, PSDB e PSL começaram a falar em compliance. À Folha de S.Paulo, Gleisi chegou a dizer que a ideia é que “as melhores práticas administrativas e de contabilidade sejam seguidas pelos dirigentes do partido”.

 

 

 

 

 

 

 

OS NEGÓCIOS FENOMENAIS DE LULINHA. Leia aqui
Mais notícias
TOPO