Esfaqueador de Bolsonaro participou de outro evento com o candidato

“Meses antes de esfaquear Jair Bolsonaro”, revela a Crusoé, “Adélio esteve em um outro evento com a presença do presidenciável.

Foi em Uberaba, também em Minas Gerais, em outubro do ano passado.”

Esse é um dos pontos obscuros que o segundo inquérito da PF deve tentar elucidar, diz a reportagem.

Você sabe das novas revelações sobre o atentado a Bolsonaro? O mistério aumenta. Confira AQUI.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 48 comentários
  1. O sujeito é um desempregado que viaja mais do que eu. Está na cara que a coisa foi planejada e com financiamento partidário. Coisa de partido grande, já que Polícia Legislativa está no bolso.

  2. Se não tiver gente grauda nessa história o cara ganhou na mega sena desempregado viajando desta forma dinheiro de onde e outra o PCC não seria vir do de colocar alguém que fosse pego ai tem!!!!!

  3. Agora temos mais um motivo para eleger Bolsonaro no primeiro turno. Gilmar Mende$ acaba de afirmar em entrevista a Ricardo Noblat que antecipará sua aposentadoria ainda este ano se B-17 for eleito.

  4. Entao com todas essas informaçoes o cara ainda vai ter o “direito”de aparecer em rede nacional e bancar o coitado…essa democracia fajuta faliu, se o Bolsonaro nao ganhar fodeu de vez…

  5. Estamos em plena campanha eleitoral. O líder Bolsonaro foi tirado da disputa numa facada. O PT lança Lula, impedido por lei e mantém sua propaganda, afrontando o TSE e fica tudo por isto mesmo?

  6. A imprensa investigativa está moribunda no Brasil. Não descobre nada sobre Marielle e nem sobre a facada em Bolsonaro… Esqueceram até da divulgação das delações de Pallocci. Subdesenvolvimen

  7. O que prova que não foi ato de um louco… ele planejava… o mais interessante é que, foi um certo prisioneiro ser liberado da cadeia, e o cara conseguiu o intento, que tentava há meses.

  8. Se a PF acha que o PCC pode estar financiando a defesa, então não seria surpresa ela achar que o Adélio, DESEMPREGADO, teria todo aquele DINHEIRO VIVO, pra custeá-lo, vindo do mesmo lugar.

  9. E a “grande imprensa” continua calada, impressionante. A mesma imprensa que tem fetiche para falar sobre preconceito onde não há, porta-se cinicamente ao não dar a devida importância ao caso.

    1. PCC é paulista, São Paulo a muitos anos e governado pelo PSDB, PCC sempre foi protegido pelo governo. Portanto é só ligar os pontos…

  10. Paulistas com vergonha na cara não basta Bolsonaro,temos que votar Major Olímpio para o senado o cara que a combate a Orcrim, os paulistas tem que varrer Suplicy,não podemos passar esta vergonha!!

  11. Nada impede que ele tenha tanto ligações com o PCC qto com certos congressistas defensores dos direitos dos manos. Mas pelo que tudo indica, culparão o PCC e livrarão a cara dois políticos.

  12. Chamem um hipnólogo, detector de mentiras, chamem o Ricardo Ventura que faz análise não verbal, o cara entrega todo mundo. O problema é que isso pode “influenciar as eleições”, não é?

  13. Que ele integra e/ou é financiado por uma facção criminosa de alta periculosidade não resta a menor sombra de dúvida… A PF só precisa vir a público e dizer se esta facção é o PCC ou o PT!

  14. Só uma observação. ..Vocês notaram que , após essa tentativa de assassinato , algumas figuras onipresentes SUMIRAM do noticiário? Cadê Wadih Damous ,Paulo Pimenta , Paulo Teixeira _ _ _?

    1. O “nego” não foi pejorativo ou racista… apenas vicio de linguagem da minha região… antes que se torne mimimi, né!

  15. Nós confiamos na PG esperamos uma apuração sem omissões. Não há dúvida de que o criminoso é militante engajado, tem ramificações no Congresso e que seus advogados enriquecem com o crime orga