"Esperamos que não tenha alteração", diz Marinho sobre Previdência

Telegram

Rogério Marinho disse hoje que a expectativa do governo é de que a votação da reforma da Previdência termine amanhã no Senado.

Em entrevista à Rádio Gaúcha, o secretário destacou a economia de aproximadamente R$ 800 bilhões em dez anos e falou sobre a possibilidade de novas desidratações.

“É possível alguma alteração sim. Esperamos que isso não aconteça, mas pode ser que ocorra. Afinal, trata-se de votação no plenário do Senado, e o Senado pode surpreender nesse aspecto. Eu espero que isso não ocorra.”

Comentários

  • Rafael -

    Se essa nova desidratação for culpa do tal do Centrão, a gente tem que começar a acabar com esses caras já nas eleições do ano que vem.

  • Insensível -

    Infelizmente, o Senado e a Câmara só surpreendem negativamente. O Congresso é o atraso do Brasil!

  • Jorge -

    Já passou da hora desses senadores aprovarem a reforma da deficitária Previdência. Vários deles trocaram há alguns dias a reforma por turismo religioso (canonização da Irmã Dulce).

Ler 8 comentários