Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

'Espero que ele se entregue', diz mulher de serial killer do DF

Segundo ela, Lázaro Barbosa não tem relação com o satanismo e tinha fé em Deus
Espero que ele se entregue, diz mulher de serial killer do DF
Reprodução/Polícia Civil

A companheira de Lázaro Barbosa disse que está estarrecida com a sequência de crimes em que o marido se envolveu.

Ele está foragido desde a semana passada, quando invadiu uma chácara e matou uma família inteira. A partir de então, vem cometendo sucessivos crimes. As forças policias do Distrito Federal e de Goiás estão mobilizadas para tentar caputrar o serial killer há nove dias.

Em entrevista ao Correio Braziliense, a jovem, de 19 anos, que preferiu não se identificar, defendeu que ele se entregue.

“Temos medo de receber a notícia de que ele morreu. Se a gente tivesse a oportunidade de ir com a polícia para o meio do mato, para convencê-lo a se entregar. A gente não sabe o que aconteceu na mente e no coração dele. A ficha não caiu. Espero que ele se entregue.”

Ela negou que Lázaro esteja envolvido com o satanismo. Segundo as investigações, ele sacrificou uma das vítimas em um ritual. A jovem afirmou que o companheiro tinha fé em Deus.

“Não acredito em nenhum ritual. Ele tinha uma fé em Deus muito grande, foi até pregador da palavra no presídio. Eu só vou acreditar que ele se envolveu mesmo nisso quando ele for pego e falar.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO