Esportistas fracassam nas urnas

Os esportistas fracassaram nas eleições de domingo.

O caso mais emblemático foi o de Romário, que ficou na quarta colocação, com 8,70% dos votos, pela disputa pelo governo do Rio de Janeiro.

Maurren Maggi também ficou de fora e não teve sucesso ao buscar uma vaga no Senado em São Paulo.

Também fracassaram Marcelinho Carioca, o ex-atacante Luizão, e a jogadora de vôlei Tifanny Abreu.

Você precisa redobrar sua atenção neste processo eleitoral dramático e indefinido. Leia mais AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Pedro disse:

    Deu certo com a Leila do vôlei - só para lembrar!

Ler comentários
  1. SPA disse:

    Não vi nenhum filho do Pinguço tentar a sorte nas urnas ; aliás , há muito não os vejo no noticiário .

  2. Raí disse:

    Romário não sabe nem escrever o nome e quer ser governador de um dos estados mais violentos do país. Iria comer na mão das faccções.

  3. Verônica disse:

    Nem todos. Luiz Lima, atleta olímpico da natação, foi eleito deputado federal pelo PSL do Rio com mais de 112 mil votos.

  4. Adalberto disse:

    A Leila do vôlei se elegeu ao senado pelo DF. Não sei nada sobre o posicionamento dela, mas espero que faça um bom mandato, porque o esporte precisa sim de representantes sérios na política

  5. Verônica disse:

    Luiz Lima foi secretário nacional de esportes durante as olimpíadas, pediu demissão após um ano no cargo, pois não aguentou a sujeirada que viu lá dentro e denunciou a corrupção no esporte.

  6. Davi disse:

    No caso de Romário, ele só foi pra não ficar parado, mas essa notícia é muito boa, pois agr estamos mudando o quadro político sem recorrer a famosos incapazes...

  7. Alexandre disse:

    No último debate, Romário mostrou que era realmente peixe ... mas totalmente fora da água!!!!

  8. RENATO disse:

    Romario o queridinho da Globonews e dos Data Folha que iria ao segundo turno com o Paespalho, aceitou apoio do garotinho e sifodeu

  9. Adolfo disse:

    Enquanto isso, em Brasília, Leila do vôlei foi a sensação. Mas pelo PC do B. Cruz credo.

  10. Sarcástico disse:

    Tifanny não, você quis dizer Rodrigo.

  11. Freedom disse:

    Danrlei, do Grêmio, foi reeleito deputado federal.

  12. Raymundo disse:

    Esqueceu da Leila, no DF... toda regra tem exceção!

  13. Jayme disse:

    O brasuca descobriu que ser bom de bola não significa ser bom de gestão, ser bom de escrever leis, enfim, ser bom de bola não significa ser bom de tudo.

  14. Coroinha disse:

    A Leila não era aquele "FOGUETE" do time? O Brasil PRECISA de foguetes. BENVINDA!

  15. Mauro disse:

    Sinal de que o Brasil esta se começando a ter mais consciência na hora de votar.

  16. Patrício disse:

    É, mas a Leila do Vôlei foi eleita no DF, ela que mal sabe falar, que não entende chongas de nada. Menos mal que ela impediu que o Cristovam voltasse pro Senado. Melhor levar na esportiva, né?

    1. Lula e Dilma também falam mal e chegaram à presidência... (o povão é surdo!)

  17. SG disse:

    Luiz Lima, nadador de provas de fundo e oceânicas, medalhista em mundiais, olimpíadas e pan-americanos, recordista sul-americano dos 1500m, foi o oitavo DepFed mais votado do Rio (PSL)