"Esqueçam a minha mãe, ela se vacinou com Oxford", diz Bolsonaro

“Esqueçam a minha mãe, ela se vacinou com Oxford”, diz Bolsonaro
Foto: Reprodução/Instagram

Jair Bolsonaro disse hoje que sua mãe, Olinda, tomou a vacina de Oxford contra a Covid-19. Na segunda (8), João Doria afirmou que ela, após tomar a segunda dose, foi “salva com a vacina do Butantan.

“Peço, por favor, esqueçam a minha mãe. A dona Olinda se vacinou com Oxford. Depois voltou o funcionário do estado, rasgou o cartão dela e deu uma do Butantan… Para mim tanto faz. Passou pela Anvisa, minha mãe toma. Mas rasgou por quê? A minha irmã fotografou…”, disse, durante a live para seguidores.

É mentira do presidente, conforme publicamos —inclusive porque o intervalo entre as duas doses da vacina de Oxford é bem maior que o da Coronavac, que bate com o intervalo entre as duas doses que Olinda Bolsonaro recebeu.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO